Dia Internacional de Nelson Mandela

Hoje, dia 18 de julho, é celebrado o Dia Internacional de Nelson Mandela. Instituído pela Organização das Nações Unidas, a data serve como oportunidade para refletir sobre a vida e o legado de um lendário defensor mundial da dignidade, igualdade, justiça e direitos humanos, o sul-africano Nelson Mandela.

Mandela nasceu em 18 de julho de 1918, na cidade de Qunu (África do Sul). O ativista dedicou sua vida ao serviço da humanidade. Ainda estudante de Direito, Mandela começou uma luta contra o regime do apartheid. No ano de 1942, entrou efetivamente para a oposição, ingressando no Congresso Nacional Africano (movimento contra o apartheid) e, durante duas décadas, Mandela foi um dos principais membros do movimento. Em 1962, foi preso e condenado a cinco anos de prisão por incentivo a greves e à viagem ao exterior sem autorização. Já no ano de 1964, Mandela foi julgado novamente e condenado à prisão perpétua por planejar ações armadas.

 

Mandela permaneceu preso de 1964 a 1990. Nesses 26 anos, tornou-se o símbolo da luta antiapartheid na África do Sul. Mesmo na prisão, conseguiu enviar cartas para organizar e incentivar a luta pelo fim da segregação racial no país. Ainda durante o tempo na prisão, recebeu apoio de vários segmentos sociais e governos do mundo todo.

Com o aumento das pressões internacionais, o então presidente da África do Sul, Frederik de Klerk, solicitou, em 11 de fevereiro de 1990, a libertação de Nelson Mandela e a retirada da ilegalidade do Congresso Nacional Africano (CNA). Em 1993, Nelson Mandela e o presidente Frederik de Klerk dividiram o Prêmio Nobel da Paz pelos esforços em acabar com a segregação racial na África do Sul.

Em 1994, Mandela tornou-se o primeiro presidente negro da África do Sul. Governou o país até 1999, sendo responsável pelo fim do regime segregacionista no país e, também, pela reconciliação de grupos internos.

Com o fim do mandato de presidente, Mandela afastou-se da política, dedicando-se a causas de várias organizações sociais em prol dos direitos humanos. Recebeu diversas homenagens e congratulações internacionais pelo reconhecimento de sua vida de luta pelos direitos sociais em seu país.

Mandela faleceu em 5 de dezembro de 2013, aos 95 anos, na cidade de Joanesburgo (África do Sul).

 

Referências: 

NELSON Mandela. Wikipédia, 2022. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nelson_Mandela#:~:text=Nelson%20Rolihlahla%20Mandela%20(Mvezo%2C%2018,na%C3%A7%C3%A3o%20sul%2Dafricana%2C%20onde%20%C3%A9. Acesso em: 15 jul. 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *